“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).

Terra

13 comentários

De dia para dia, cada vez estou mais convencida de que as melhores ferramentas que posso oferecer à Beatriz são apenas uma: cultura.

A cultura do espírito, através dos livros e, por conseguinte, do pensamento.

A cultura da ética.

A cultura da terra.

Se ainda não consegue ler sozinha e se anda, por vezes, perdida em birras cuja resolução, acredito eu, podem ajudar a formar esse código de rectidão que ambiciono; quanto à cultura da terra, esta menina de três anos está na fase de “aprender fazendo”.

Para além de ser responsável pelo alecrim, a Beatriz semeia e trata da erva Catária da Branquinha.

1- Colocar terra no vaso e humedecê-la com um pulverizador.

SEMENTEIRA 1

2- Espalhar as sementes e regar com frequência.

3- Ver o milagre da Natureza a desenrolar-se perante os nossos olhos.

Sementeira 2

4- Encantar-se e desejar bom-apetite à Branquinha.

Sementeira 3

E o ciclo repete-se quinzenalmente…

 

Anúncios

Autor: Frasco de Memórias

https://frascodememorias.wordpress.com

13 thoughts on “Terra

  1. hoje estou um pouco bloqueada, digo apenas; que lindo! 🙂

  2. Bom dia , Ana !
    Muito bonito o post e muito bons “princípios ” de vida !
    Gostei muito mesmo !
    E já aprendi…erva Catária – nunca tinha ouvido – e agora já me informei .
    “Meninos de cidade” fazem estas tristes figuras . 😉

    Um beijo,
    José

  3. Lembra-me as idas à horta com o meu avô e a sua paciência de me ensinar, de me deixar colher e comer o que vinha da terra. São boas recordações, e uma aprendizagem importante sobre os ciclos da natureza… e dos humanos. As vezes esqueço-me que fazemos parte da natureza e que temos ciclos como ela. Depois lá vêm os ensinamentos do Avô Luís à memoria. 🙂 Adorei este post.

    • Na cidade, tendemos a esquecer a nossa ligação à Natureza.
      Parece que fazemos parte das pedras e das casas…
      Mas soube que há uns vasos bonitos que estabelecem essa ligação 😉 e agora sei que há as recordações!
      Um abraço!

      • De facto Ana, fiquei com o bichinho. É deixar a chuva passar para apresentar as minhas novas aquisições. Tenho a agradecer a ti esse retornar à terra. 😉

      • Fico muito feliz 🙂
        Bom retorno!

  4. é sem dúvida o melhor que podemos dar às crianças: cultura. Cultura e amor 🙂

  5. Olá, boa tarde. Gostei muitíssimo do seu post. Nesse mundo extremamente virtualizado e superficial, essas coisas simples e essenciais estão se perdendo. Acho muito importante repassarmos aos pequeninos sensações que não irão experimentar somente da forma real, concreta e lúdica.
    Parabéns!

    • Obrigada pela visita, Adriano!
      Completamente verdade: a análise acerca do nosso mundo e a necessidade de transmitirmos sensações verdadeiras aos mais pequenos.
      Um abraço,
      Ana

  6. É bom demais isso, Ana, fiz com minha filha e agora repito com o caçula, eles adoram e aprendem um bocado. Beijo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s