“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).

Agenda

6 comentários

Carl Honoré, impulsionador Slow Movement, diz que as nossas crianças estão assoberbadas de actividades: cansadas, ansiosas e sem espaço para brincar, nas suas agendas tão preenchidas.

A E., colega da Beatriz, tem natação às segundas e sextas; ballet às terças e quintas e música aos Sábados.

Chega a casa, diariamente, às 19:30h, toma banho, janta e dorme, exausta.

Inside a black Aple

Disse à Avó que lhe faltava tempo para brincar.

 

Eu compreendo os pais da E…. eu também sinto um impulso para proporcionar à Beatriz todas as experiências enriquecedoras que consiga encontrar.

Mas onde está o limite?

A Beatriz tem ballet duas vezes por semana.

Costuma ir alegre e radiante.

-Mãe, hoje não quero ir: quero ficar em casa a brincar com os legos.

-De certeza? Não queres dançar com a E., com a M., com a professora M.,…?

-Não, quero brincar contigo.

Ficámos.

Sem certezas.

Achei que obrigá-la a ir quebrava para sempre uma actividade que se quer, em primeiro lugar, prazerosa.

Como harmonizar o maior número de experiências com um dia excessivamente preenchido?

E com uma filosofia de vida que se pretende, sempre que possível, slow?

Não tenho a resposta, mas definitivamente não quero que a Beatriz tenha uma agenda mais preenchida do que a minha!

A imagem é daqui!

Anúncios

Autor: Frasco de Memórias

https://frascodememorias.wordpress.com

6 thoughts on “Agenda

  1. Brincaria com a Beatriz, sem grandes dúvidas! Beijinhos. Para as duas princesitas!

  2. Assim fossem todas as mães. O equilíbrio entre as obrigações e as devoções diluiu-se. Agora, parece que tudo são obrigações, e o tempo de brincar um luxo a que as crianças não se podem dar!
    Boa semana!
    Um beijinho,
    Mia

  3. Ah, também não acho justo com a molecada! É importante que tenham tempo para observar as coisas ao redor, para brincar, para ver o tempo correr, para ficar um pouco de papo pro ar. Às vezes penso que ter o tempo todo preenchido faz a nossa imaginação desaparecer. Boa semana, bjs!

  4. Entendo perfeitamente esse dilema. Vejo a agenda do meu sobrinho e penso na minha quando era miúda… Tinha sempre imenso tempo para brincar ou apenas estar. Mas acho que ceder quando eles tem vontade de ficar a brincar em casa é uma boa técnica para tentar equilibrar as coisas. 🙂 Bjs

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s