“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).

Salmão em cartucho

3 comentários

A Dina é Mãe do meu querido … sobrinho-neto (!!!) e pediu-me para partilhar algumas receitas.

Fiquei atrapalhada, porque me sinto uma principiante perante a minha família do Alentejo.

Quer dizer, exceptuando as compotas, as bolachas as granolas não alcanço muito crédito na cozinha.

Talvez sejam inseguranças de quem não sabe fazer um bom cabrito assado ou umas migas alentejanas…

Junto à costa, é de bom-tom desdenhar de salmão.

Vamos mesmo ao ponto de ridicularizar quem aprecia este peixe de aquicultura e trocamos olhares cúmplices:

-Não percebem nada de peixe!

Em Estremoz, os peixes de aquicultura são os únicos que chegam brilhantes e que passam no teste de quem nasceu e cresceu na costa.

E, ironia do destino, o salmão visita muito os nossos pratos.

Salmão em papelotes

Bem… disfarçado.

Ingredientes por cartucho:

-1 lombo ou filete de salmão;

-rodelas de courgette, alho-francês, tomate, oregãos, coentros, sal e pimenta e um fio de azeite.

Acompanhei com arroz integral e feijão-verde cozido.

Última confissão:

Dificilmente confeccionaria este prato na Figueira, mas aqui sabe-me mesmo bem!

Anúncios

Autor: Frasco de Memórias

https://frascodememorias.wordpress.com

3 thoughts on “Salmão em cartucho

  1. Fiquei com água na boca. Adoro!!

  2. ” a ocasião faz o ladrão”, com o devido respeito. 🙂

  3. Pois, eu, que adoro salmão, fiquei com vontade de experimentar! Tem um aspeto ótimo!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s