“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).

Porquê?

6 comentários

Há alturas em que tudo se acumula:

a profissão com momentos desgastantes;

as horas na cozinha a tentar responder prontamente às encomendas;

o quintal com ervas daninhas e tão abandonado;

as mil ideias para escrever no blog;

os livros à espera na mesa de cabeceira;

a casa a ficar caótica;

a Beatriz a precisar do Tempo da Mãe.

Exceptuando a primeira e a última referência da lista, tudo o resto podia desaparecer da minha vida.

Becca Stadtlander

Então por que razão corro?

Por que me exponho a este stress?

Às vezes nem há tempo para reflectir nas razões.

A palavra de ordem é só uma: reagir.

Pausando, talvez seja porque…

depois de uma vida de trabalho intelectual, descobri que me dá uma grande satisfação trabalhar com as mãos e libertar a mente,

dá-me muito prazer ler, escrever e fixar imagens bonitas,

gosto de me relacionar com os outros e deixar-lhes uma parte de mim,

tornou-se importante testemunhar, através do que faço, os momentos felizes da sua vida.

stadtlander_bluevase_thankyou

” – Traz-me outro doce. Amanhã vou comprar requeijão e lanchar com a B.

O teu doce foi o primeiro lanche que a B. comeu com gosto depois dos tratamentos”.

Comovi-me!

Talvez haja um sentido!

Talvez Ele (o Sentido da Vida, Deus, Destino, aquilo em que acreditamos) esteja no facto de tocarmos os outros e deixarmos que os outros nos toquem a nós…

Imagem de Becca Stadtlander.

 

Anúncios

Autor: Frasco de Memórias

https://frascodememorias.wordpress.com

6 thoughts on “Porquê?

  1. Gosto muito do que escreve. Sobretudo hoje preciso de olhar para as suas papoilas e de pensar em dar mais sentido á vida, mais em Deus e mais em acreditar em mim. Obrigado pelo seu testemunho.

  2. Há alturas em que temos de parar… ou somos engolidos pelo frenesim dos dias.
    Fico aqui a torcer pelo encontro desse Sentido!
    Um abraço!
    Ana

  3. Minha querida amiga , o sentido da vida é esse mesmo: trocarmos e deixarmos que nos toquem…. Um grande beijo . Virgínia

  4. Olá Ana !
    Muito bonita essa forma de estar !
    Concordo, mesmo !
    São esses “momentos”que nos engrandecem e nos fazem sentir úteis e felizes.
    Tantas vezes tão simples.
    Concordo : na vida , há coisas / gestos / atitudes muito importantes e as outras ( por vezes tão valorizadas) e sem qualquer importância.
    Bom fim de semana !
    Beijo,
    José

    • Olá José!

      É mesmo!
      Andam, muitas vezes, os valores invertidos e nós a correr… demasiado!
      Contra a maré 🙂

      Bom fim de semana!

      Beijinhos!

      Ana

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s