“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).

Gelado de mirtilo e iogurte

Deixe um comentário

A sobremesa preferida da Beatriz são os gelados.

Eu tento contornar a questão do açúcar em excesso e das gorduras saturadas que a maior parte dos gelados industriais tem fazendo os gelados em casa.

Estes são simples de fazer e foram feitos (quase) integralmente pela Beatriz.

Para 4-6 gelados:

100g de mirtilos

1 colher de sopa de açúcar

1 colher de sopa de sumo de limão

1 chávena de iogurte grego açucarado (ou acrescentar 2 colheres de mel, se se optar por iogurtes sem açúcar)

1- Misturar os mirtilos, o açúcar e o sumo de limão numa caçarola.

2-Deixar cozer em lume brando durante 5 minutos.

3- Deixar a mistura de mirtilos arrefecer e, de seguida, reduzi-la a puré numa liquidificadora.

4- Misturar os mirtilos e o iogurte mas de forma pouco pouco homogénea (ou dispô-los em camadas nas formas de gelado), para que os gelados fiquem manchados (tipo tie-dye!).

5- Congelar durante 4 horas.

Nós fizemos duas versões: uma com mirtilos e outra com morangos.

Não dispusemos a mistura em camadas porque a Beatriz não gosta de encontrar aglomerados de fruta nos gelados, mas se fizerem como na receita original o efeito é visualmente mais invulgar.

Esta receita foi adaptada do livro de Linda Lomelino: Gelados Caseiros.

Conhecem o blog dela? É qualquer coisa!

 

Anúncios

Autor: Frasco de Memórias

https://frascodememorias.wordpress.com

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s