“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).


8 comentários

Veggielicious

Durante alguns anos não comi carne.

Por motivos nobres, outros circunstanciais, outros resultantes do hábito.

Depois, quando estava grávida de 7 meses, fui confrontada, num almoço de convívio, depois de horas de trabalho, com leitão e batatas fritas.

Comi.

Eu sei, não podia ser pior: leitão… um mamífero bebé que eu aboli da minha ementa há anos.

Em minha defesa:

tinha muita fome, daquelas fomes que só se sentem numa gravidez de 7 meses, quando até a perna da mesa parece apetitosa!

A partir daí, deixei de recusar carne, embora (quase) não a cozinhe nem a compre.

Agora, aos poucos, a aversão está a regressar.

Volto a alguns clássicos.

Legumes salteados com arroz integral de coentros

Arroz integral com legumes salteados

Arroz integral:

Cozinho como o arroz normal: apenas conto com mais 30 minutos de confecção e uma medida extra de água.

Legumes salteados:

Como o nome indica, são cogumelos, alho francês, courgette (e o que houver no frigorífico) salteados com alho, azeite, louro, pimenta e noz-moscada.

Às vezes, acrescento seitan e creme de arroz ou soja.

Para quem não resiste a carne, pode sempre saltear umas tirinhas de bacon; já foi sugerido cá em casa, mas sempre negado…

 

Anúncios