“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).


8 comentários

Boleima Rápida da Avó

No dia em que as queridas Anas fizeram a boleima de Castelo de Vide, falei da boleima da avó Silvana.

É uma versão mais rápida e simples da boleima, mas muito boa.

Ingredientes:

1 copo de leite

1 copo de óleo

4 copos de farinha com fermento

1 pitada de sal

500g de maçãs

açúcar amarelo e canela

Amassam-se todos os ingredientes muito bem e divide-se a massa em duas partes iguais.

Estende-se com o rolo metade da massa e cobre-se o fundo do tabuleiro.

Polvilha-se com açúcar e canela.

Cobre-se com as maçãs  cortadas em fatias e polvilha-se com mais açúcar e canela.

Coloca-se por cima a outra metade da massa já esticada com o rolo.

Polvilha-se novamente com açúcar e canela.

Antes de ir ao forno, conta-se com uma faca bem afiada; dão-se golpes até ao fundo do tabuleiros de forma a formar muitos quadrados.

Coze em forno moderado.

É fácil de fazer e é absolutamente deliciosa!