“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).


11 comentários

Vais sair assim?

– Como é viver no Alentejo?

Temos de adaptar-nos.

Um exemplo bem prosaico:

  • não se sai de casa de sapatilhas/havaianas, camisolão e cara lavada – o que exigiu adaptação por parte de quem nasceu perto da praia.

Já tentei ignorar esta premissa, mas a última vez que o fiz, só para ir ali num instante, entrei em casa a dizer:

– Tinhas razão!

O comentário espontâneo, mas pouco simpático, da vizinha ainda suportei, mas o cartão de visita que um senhor nas Finanças insistiu em dar-me ultrapassou os meus limites.

Nem que seja para ir ao pão, a alentejana sai sempre com um ar composto… quer seja à Segunda-feira, quer seja ao Domingo de manhã.

Uma excelente desculpa para ir às compras!

maxidress free people jumpsuit free people jeans levis free people chapéu free people casaco free people anel free people

all stars free people

Peças em namoro no Free People, uma loja gira gira de que a minha prima me falou!

minivestido free people

 

sapatos free people

 

Anúncios