“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).

Criaturas das crateras

10 comentários

Em 1998, José Saramago discursou perante os membros da Academia Sueca acerca das incongruências do ser humano.
Afrontava-o o júbilo em que se vivia por se ter colocado uma sonda em Marte, quando em Terra tínhamos o caos e a fome. Não me lembro se citava especificamente o caso de África ou de outro continente.

Houve quem o acusasse de não valorizar a ciência.

Houve quem ficasse incomodado.

Houve quem não o compreendesse.

Quinze anos mais tarde, leio, no Público, que se inscreveram 150000 pessoas, para 24 vagas, num projecto que pretende iniciar a colonização do planeta Marte.
Um projecto de seis biliões de dólares (o que quer que isso seja)…

E voltei às palavras de Saramago. Cada vez mais sábias.

Razões para querer sair da Terra não faltam… mas o que motiva estas 150000 pessoas?

E os financiadores do projecto?

Tal como Vítor Belanciano, do Público, fiquei espantada:
“Estranho mundo onde os audaciosos são os que idealizam paraísos distantes, parecendo acreditar na fundação de sociedades sem conflitos, como nunca existiu, nem existirá. Enquanto quem deseja transformar a realidade mais premente, aqui e agora, com a consciência de que onde há pessoas haverá sempre tensões, mas também a possibilidade de justiça, da equidade e da promoção de novas ideias, é relegado para a posição de desejar o impossível.”

Vítor Belanciano (Público, 1 de Setembro de 2013)

A propósito, as inscrições para habitar Marte terminaram a 31 de Agosto.

Eu prefiro conviver com estas criaturas das crateras.

Não devem ser muito diferentes e estes bichos são muito mais divertidos do que os 24 que partem na nave espacial.

E já foram domesticados pela Beatriz.

DSC08951

Anúncios

Autor: Frasco de Memórias

https://frascodememorias.wordpress.com

10 thoughts on “Criaturas das crateras

  1. E há lá coisa melhor para o vácuo mental do que uma partida para Marte?

  2. 🙂 Não muitas, de facto!

  3. Ana ,
    Nada sabia deste “interessante ” projecto.
    Inacreditável…
    150000 pessoas ?????
    Preferível continuar neste cantinho,mesmo que obrigado a mudar de casa todos os dias !
    Até fiquei com “falta de ar “…
    Venham essas malas de viagem ! 🙂
    Bj
    José

    • Realmente o ser humano surpreende-me todos os dias!
      O que vale é que também há quem surpreenda pela positiva: o problema é que a essas pessoas extraordinárias não é dada visibilidade!
      Beijo!

  4. Ana, eu gostaria tanto de poder escolher os tripulantes dessa nave! Daria a oportunidade aos marcianos de voltarem ao seu local de origem!

  5. Onde posso compr
    ar os vossos doces resido em Lagos . Obrida e parabens! se me pudessem deixar sms no telemóvel 969208630 agredecia

  6. E tudo isso me fez pensar no bom e velho poema de Carlos Drummond de Andrade.
    bacio

    O homem, bicho da terra tão pequeno
    Chateia-se na terra
    Lugar de muita miséria e pouca diversão,
    Faz um foguete, uma cápsula, um módulo
    Toca para a lua
    Desce cauteloso na lua
    Pisa na lua
    Planta bandeirola na lua
    Experimenta a lua
    Coloniza a lua
    Civiliza a lua
    Humaniza a lua.

    Lua humanizada: tão igual à terra.
    O homem chateia-se na lua.
    Vamos para marte – ordena a suas máquinas.
    Elas obedecem, o homem desce em marte
    Pisa em marte
    Experimenta
    Coloniza
    Civiliza
    Humaniza marte com engenho e arte.
    (…)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s