“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).

Apanhar

3 comentários

Está a chegar aquela altura do ano no Alentejo em que já não sei o que fazer ao calor que sinto no corpo e no pescoço.

Apetece rapar o cabelo e sentir uma brisa (ainda que não corra qualquer  brisa por aqui…) a refrescar a nuca.

Como a audácia por estes lados é apenas q.b., são bem vindos penteados que libertem o pescoço mas que não transmitam a ideia de desespero total.

mstreinta-apanhado

 

Do blog :Ms Treinta

E da  Taza.

Um chique desalinhado!

Ou a derreter… apenas desalinhada!

O lenço ou os ganchos, para quem não é minimalista (eu…), dão uma graça extra.

E o meio preso, apesar de não resolver o calor do pescoço, destapa a cara com estilo.

Bem… mãos à obra.

Também pode ficar muito giro num homem; este já é giro, é certo…

Este post está de uma profundidade…

Estival!

Anúncios

Autor: Frasco de Memórias

https://frascodememorias.wordpress.com

3 thoughts on “Apanhar

  1. Como eu entendo isso… basta ameaçar fazer verão por aqui e eu corro ao cabeleireiro cortas as madeixas. E esse ano, o verão por aqui surtou, e eu pensei seriamente em ter um momento Sinead o´Connor. rs

    bacio

  2. Adoro os coques meio desalinhados, mas os meus são completamente desalinhados! Saudade danada que ando sentido do verão, aqui tá um frio de lascar. bjo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s